O Pastor x Direitos Humanos

619c981a-ca0b-4015-a773-2d366553a76b

A foto acima baixei de um perfil de facebook de um pastor ( se pode assim dizer isto) que deserdou de uma grande denominação e fundou o seu império e que tema em dizer que é o “Possuidor da verdade”, é triste ver um meme deste sendo compartilhado por um pastor que estuda psicologia .

Primeiramente devemos ver as coisas na perspectiva de Deus:

23 Tenho eu algum prazer na morte do ímpio? diz o Senhor Deus. Não desejo antes que se converta dos seus caminhos, e viva?  ( Ezequiel 18:23)

A morte do ladrão acima não é vista com prazer, Deus não se alegra com sua morte, então, logo o meu sentimento a respeito da morte deste jovens é de tristeza.

A mulher que matou o jovem acima agiu em legitima defesa, eu se fosse ela provavelmente teria feito isto, no impulso e na defesa das pessoas que estão indefesa, contudo, não me alegraria em ter chegado a seguinte situação.

Segundo, penso se o pastor e o seu sermão em redes sociais saiba de fato o que é Direitos Humanos, as pessoas costuma desprezar os direitos humanos até que os seus direitos sejam violados.

Imagina se um dia aqui no Brasil ,pois outros países existem, eu começo a sofrer preconceito por pertencer a religião cristã, sou espancando e humilhado por crer em Jesus, Logo pensarei “Cadê os meus direitos???”, queremos direitos, mas não queremos o direito da vida, da defesa e da restauração para outra pessoa,

Agora imagino se na igreja do dito pastor,se é permitido conversão, pois o ódio demostrado nas redes sociais , que se alegra com a morte de um ladrão, nos leva a pensar que ladrão, prostituta, esquerdista, socialista, homossexual não são permitido na igreja, pois eles merecem morrer do que ouvir do grande amor de Deus pai por estas pessoas.

Bíblia King James Atualizada
Aquele que roubava, não roube mais; pelo contrário, trabalhe, fazendo com as mãos o que é bom, para que tenha o que repartir com quem está atravessando um período de necessidade. Efesio 4:28

Pense se os seus pensamentos realmente condiz com que a Bíblia fala.

Com amor

Bruno Teixeira

Anúncios

Um comentário sobre “O Pastor x Direitos Humanos

  1. DEUS, NÃO DEIDADE
    > https://gustavohorta.wordpress.com/2018/05/15/deus-nao-deidade/

    Já me esforcei algumas tantas vezes na vida para acreditar em alguma deidade.

    Fui criado como católico apostólico romano e, à medida que estudei, vi tanta barbaridade promovida pelos católicos.

    À medida que estudei vi tanta coisa errada e absurda promovida pelos ditos luteranos/calvinistas, hoje mais conhecidos como evangélicos.

    Vi tantas barbaridades e extravagâncias executadas tanto pelos muçulmanos quanto pelos sionistas.

    Sempre alguns em nome de alguma deidade…

    Moro aqui na roça no interior de Minas, e achava mesmo que eu não tinha fé alguma.

    Outro dia um garoto amigo meu, de apenas 21 anos de idade, mostrou-me a grande extensão da minha fé que, contudo, não pode estar associada a nenhuma dessas deidades, tão profanadas pelas diferentes religiões.

    Pude entender que minha fé está muito mais próxima da fé de alguns orientais, como os xintoístas por exemplo, obviamente sem tanta sabedoria e conhecimento acumulado.

    Deste modo eu tenho sim a crença em um deus que não deveria ser chamado de divindade, na acepção básica do conceito de deidade. Eu faço minhas orações ao deus no qual acredito, em conversas frequentes, tanto nas vezes em que preciso dele para meu aconchego e zelo, quanto agora, por exemplo.

    Abraço grande.
    Amor, compaixão, solidariedade.
    Felicidade. Sempre.

    gustavohorta.wordpress.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s